quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

10 maneiras de economizar na lista de material escolar.

A palavra de ordem este ano é economizar. E com a lista de material escolar não é diferente. É fácil perceber que quase todos os itens da lista subiram de preço, pois a inflação e a alta do dólar elevaram ainda mais o custo com a educação.  

E todo início de ano é assim, além de vários compromissos a cumprir, a lista de materiais e algumas exigências escolares colocam pais numa prova de fogo. É uma compra que não dá para evitar. Por isso, se você ainda não encarou essa tarefa, veja que existem maneiras de economizar nas lista de material escolar, não caindo em armadilhas.

1. Com a lista em mãos veja o que pode ser reutilizado. Penal, canetinhas, apontador, tesoura, pastas, mochilas e lancheiras normalmente duram mais que um ano. Não caia na conversa das crianças que tudo precisa ser novo.

2. Pesquise! A internet é melhor canal para uma primeira pesquisa. Enquanto uma loja vende um bloco de papel especial por R$29,90, a outra anuncia os cadernos e lápis de cor numa super promoção para chamar clientes, mas oneram a sua lista vendendo o tal papel especial 30% mais caro. 

3. Busque grupos de venda de livros usados da escola para comprar e vender os livros dos seus filhos.

4. Cuidado com as facilidades que algumas lojas oferecem de entregar a sua sacolinha pronta. Nessa facilidade você pode deixar de optar por itens mais em conta.

5. Cuidado com a exigência por Marcas. Algumas escolas exigem marcas específicas e outras "sugerem" marcas específicas. Nós, pais é que devemos decidir pelas marcas.

6. Não se deixe levar pelos personagens. Muito bonitinhos, mas na sua grande maioria, caros. Se esse é o grande desejo dos seus filhos, tudo pode ser resolvido com um adesivo para decorar a capa, uma arte feita no computador, uma etiqueta para colocar o nome com a figura do personagem preferido. 

7.  Negocie sempre. As condições de pagamento fazem toda a diferença. Uma loja oferece 15% à vista, mas tem itens caros na lista. Outra oferece um bom preço em todos os itens e a possibilidade de parcelar sem jutos. Defina o que cabe no seu orçamento. 

8. Envolva as crianças na lista, mas não na decisão de compra. Acima dos 7 anos as crianças já tem uma noção financeira e devem saber o que cabe e o que não cabe na sua lista. Mostrar a diferença entre um item e outro e quanto se pode economizar é a melhor forma de ensinar. 

9. Avalie a lista sempre. Mesmo que você já tenha comprado. Não deixe de questionar a escola quanto aos pedidos de alguns itens que você e outros pais acham desnecessários ou caros. Observe se tudo que foi pedido durante o ano foi mesmo utilizado. Faça isso pensando no seu dinheiro e na sustentabilidade. 

10. Participe das reuniões escolares. Uma boa oportunidade para solicitar mudanças na lista do próximo ano.

Se você tem alguma maneira de economizar, compartilhe conosco! Boas compras!

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário