sábado, 25 de abril de 2015

Planejamento financeiro familiar. Quer aprender?

O mês começa e termina e você tem a sensação, ou certeza, de que a renda não está sendo suficiente para bancar os gastos com moradia, alimentação, educação, transporte, saúde e lazer... Pode ser que a renda até suporte os gastos, mas você sente que poderia ser melhor aproveitada. 

E com os rumos da economia... Você resolveu que é preciso fazer cortes no orçamento, mas ainda não sabe por onde começar. Saiba que você não está sozinho. Atualmente, cortar custos tem sido uma prática diária e comum entre muitas famílias. Para isso é preciso planejamento. A nossa casa é como uma empresa. Precisa de controle para prosperar. E para prosperar é preciso planejamento. Por isso vamos compartilhar com você o que temos aprendido com o Portal Meu Bolso Feliz.  



Segundo uma pesquisa do SPC Brasil, quatro em cada dez consumidores brasileiros não se organizam financeiramente e essa falta de controle pode custar caro. Não precisamos ser formados em economia para conduzir bem as nossas finanças. E isso é mesmo verdade. Quantas pessoas que você conhece que não têm formação em economia e são organizados com o dinheiro? E quantas parecem ter um ótimo entendimento sobre finanças e estão atolados em dívidas? Não é difícil encontrarmos essa situação entre pessoas que conhecemos ou em nossa própria família. Difícil mesmo é admitir que precisamos nos educar para lidar com o dinheiro e ter a responsabilidade de ensinar também os nossos filhos. 

Então, veja como algumas dicas podem nos dar um norte para começar o planejamento e disciplina para mantê-lo. 

1. Precisamos entender as nossas contas e classifica-las para saber o que pesa mais no orçamento, a escola das crianças ou as idas frequentes a restaurantes. 
2. Com a invasão de aplicativos para celulares e tablet é fácil encontrar opções para controlar os gastos, mas sugiro que comece anotando num caderninho para criar o hábito do controle. Muitas pessoas afirmam não ter paciência para alimentar ferramentas complexas. Crie a melhor forma de controle para você. O portal lhe indica algumas opções de apps aqui. Mas se você preferir a boa e venha planilha, nós podemos compartilhar a nossa. Simplesinha... mas nos serve. 
3. Anotar TUDO e diariamente é a grande questão e o que vai fazer com que tenhamos sucesso no controle. Por isso escolha uma forma fácil de controlar para se manter na linha. 
4. Reconhecer que está gastando mais nos supérfluos do que no essencial e puxar o freio é uma decisão inteligente. Os nossos excessos podem nos custar a realização de um sonho, como uma viagem em família, por exemplo. 
5. E mesmo depois de tudo organizado, vale a pena revisar a nossa forma de gastar. A cada decisão de compra vale pensar racionalmente sobre as necessidades e as opções mais inteligentes. Uma pergunta que ajuda muito é: "Preciso mesmo desse produto/serviço ou desta marca?" Quando pensamos bem sobre a compra, seja nos impactos ao meio ambiente ou a nossa saúde, podemos fazer melhores escolhas, e ainda economizar. 

Comece seu planejamento financeiro o quanto antes e veja como a organização pode fazer a diferença no orçamento familiar. O Portal Meu bolso Feliz está disponível para nos ajudar nessa empreitada. Porque vamos combinar que não é fácil. É preciso vontade, união da família e muita disciplina. Por isso, no próximo post sobre finanças, vamos aprender a incluir as crianças e adolescentes em nosso planejamento. Porque cuidar do dinheiro é uma tarefa de toda a família. 



* Este post é uma parceria do Mãe bacana com o Portal Meu Bolso Feliz para levar a informação financeira para todas as famílias. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário