quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Lanche saudável na escola. Você pensa nisso?

Agora que todos já voltaram para a escola e retomamos as nossas rotinas de horários, atividades, estudos e alimentação, chegou a hora de olhar com carinho para o que as crianças estão comendo na escola. Lancheiras e cantina são assuntos de gentes grande. 

Com a vida corrida que todos nós levamos, precisamos de praticidade, mas a praticidade não pode comprometer a nossa alimentação, muito menos a alimentação das crianças. Os alimentos industrializados prometem mil facilidades, mas é muito importante controlar a ingestão de açúcar, sal e gordura presentes nos lanches escolares. Todo excesso vira problema no futuro. Diabetes, colesterol alto e obesidade são problemas de saúde da vida moderna e que podemos evitar. Basta tomar alguns cuidados. 

Ouço muitos pais reclamando que seus filhos comem mal e não aceitam determinados alimentos, porém é comum ver muitas crianças definindo seus próprios alimentos, não sendo estimuladas a experimentar alimentos diferentes e consumindo muitos alimentos industrializados. Não precisamos ser da área da saúde para saber que não existe mágica. A criança precisa comer bem para se desenvolver bem. Os bons hábitos alimentares são criados quando as crianças ainda são muito pequenas e nossa casa e nossos exemplos é que ajudam a criar esses hábitos.
DICAS MAE BACANA
Pinterest
Eu penso e me dedico de verdade a melhorar sempre que posso quando o assunto é alimentação das crianças, mas sem neuras. Também gostamos de comer nossas bobaginhas, mas fazemos substituições sempre que encontramos produtos e receitas mais saudáveis. Se você quer melhorar a lancheira da escola e está sem ideias, siga algumas dicas que encontramos nas nossas frequentes pesquisas:
DICAS MAE BACANA
Se você quer melhorar a lancheira da escola e está sem ideias, siga algumas dicas que encontramos nas nossas frequentes pesquisas:

1. As Frutas: São, sem dúvida, as melhores opções! Escolha aquelas que a criança consiga manusear sozinha, como banana e maçã. Use potinhos para enviar morangos, gomos de uva e tangerina e outras frutas picadas como a manga, melão, kiwi e carambola. A salada de frutas é sempre bem vinda e super fácil de preparar. Você pode deixar as frutas limpas na geladeiras e misturar na hora de preparar a lancheira. Faço isso com tanta frequência que hoje preparo duas mini saladas de frutas em apenas 5 minutos. 
DICAS MAE BACANA
2. Pães: Os pães, principalmente os integrais, são uma delícia quando combinados com peito de peru e queijo, de preferência os brancos, mas como nem sempre as crianças gostam, dê uma variada. Incluir uma folhinha de alface, uma fatia de tomate e um fio de azeite de oliva pode transformar o pãozinho num delicioso sanduíche. Mas é preciso tentar! Por aqui um dia um gosta de pão com geleia e o outro pão com requeijão. Um gosta de pão com frios, o outro só com salada. Cada um tem as suas preferências, mas é preciso fazer com que escolham entre os itens que fazem bem, não dando espaço para negociações com alimento ruins. 

3. Os bolos: Os caseiros são gostosos e muito mais saudáveis porque têm menos sódio e não têm conservantes. Você pode preparar  com antecedência, congelar e descongelar no dia anterior. Em forma de cupcake são práticos e fáceis para a criança segurar. Os muffins salgados também são uma delícia. Receitas de Cup Cake? aqui Receita de muffins salgados? aqui  

4. Os biscoitos: Os preferidos da criançada! Item que compõe a maioria das lancheiras, não precisa ficar fora do cardápio, mas deve ser evitado nas versões recheadas e com muito sódio, inclusive os salgados. Prefira os integrais e caseiros.  

5. Iogurtes: Dificilmente uma criança não gosta de iogurte e eles são uma fonte de cálcio e vitaminas então podemos aproveitar. Olho vivo na quantidade de açúcar e corantes desses iogurtes. 

6. Verduras e legumes: Muito difícil encontrar uma criança que coma uma verdura ou legume no lanche da escola, mas se o seu filho gosta de tomate cereja e cenoura palito, aproveite! Por aqui esses itens fazem parte apenas de uma lancheira, então nós incluímos para quem gosta.

7. Frutas secas: As frutas secas alimentam e são bem gostosas. Ofereça e veja quais as frutas secas seu filho mais gosta. Se gostar de várias, faça um MIX e inclua uma pequena porção uma ou duas vezes na semana. 

8. Bebida: A água é a campeã em hidratação, mas nem sempre vence entre as crianças. Se a criança aceita bem a água, aproveite! Sucos industrializados são vilões com cara de mocinhos e precisamos diminuir as quantidades. Se na escola existe a opção de comprar um suco natural, ótimo! Caso contrário, opte pelos sucos integrais de laranja, maçã e uva ou os sucos de polpa. Dependendo do horário do lanche, é possível levar uma limonada ou um suco de maracujá natural. Eu fiz o teste destes dois sabores e deu certo. Segundo as crianças o sabor não foi alterado. Outra opção bem gostosa é a água de coco. Além de hidratar tem baixa caloria. E quando optar pelo suco de caixinha prefira os de néctar, sempre lendo os rótulos.

Para incluir esses alimentos, comece devagar. Vá testando, oferecendo, experimentando. Elimine os alimentos ruins de forma gradativa. Se existe um dia da semana para as guloseimas, então deixe as exceções para este dia. Converse com a criança e explique os verdadeiros motivos da mudança. Normalmente elas reclamam, mas com o tempo (e persistência) elas mudam os hábitos.Um lanche rico em açúcar é ruim também para a saúde bucal, afinal a criança vai ficar com restos de alimentos nos dentes até a hora de voltar para casa. 

Quer mais ideias? Acesse WendoloniaPinterest. e GNT

Gostou? Então compartilhe e ajude outras famílias na mudança de hábitos alimentares. Não é fácil, mas podemos melhorar!
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário