quarta-feira, 23 de julho de 2014

Farmacinha bacana - Como organizar os medicamentos.

DICA DE ORGANIZAÇAO MAE BACANAMesmo que você seja adepto das receitinhas naturais é preciso ter alguns itens para curar cortes, fazer curativos, amenizar as enxaquecas... E principalmente seguir a risca os tratamentos indicados pelos médicos. E não há nada pior do que precisar socorro e não ter uma farmacinha para ajudar. 
 
Remédios vencidos, sem bula e fora da validade é tudo que você não precisa nos momentos de apuros, não é? Por isso monte a sua caixinha de remédios e mantenha-a organizada sempre. Imagem

Siga as dicas:
 
1. Separe uma caixa de papelão, plástico, madeira ou metal com tampa para colocar todos os medicamentos.
2. Escolha um local para manter essa farmacinha sempre a mão. Isso exclui as mãos das crianças. Pode parecer bobagem, mas crianças podem (e tomam) o aquele "remédio docinho" fora dos olhares dos pais. Prefira um armário alto e que não sofra com a umidade e a variação de temperatura, como o banheiro e cozinha.
3. Comece selecionando tudo eu você possui de medicamentos e eliminando todos que estão fora da validade, sem caixa ou sem bula. Sem um indicação segura, descarte.
4. Na hora de descartar, dê o destino correto aos medicamentos. Separe as embalagens e leve os medicamentos aos postos de coleta da sua cidade. Não jogue medicamentos no lixo, pia ou vaso sanitário. Essa atitude ajuda a poluir o lençol freático, contaminando inclusive a água que bebemos. Consulte um local de descarte na sua cidade aqui.
5. Se quiser aproveitar os espaços, jogue as embalagens dos medicamentos fora e cole as bulas com fita adesiva aos respectivos medicamentos, mas nunca elimine as bulas.
6. Para tratamentos diários mantenha, também em local seguro, uma bandeja com os medicamentos prescritos de cada pessoa da família. Isso facilita na hora de seguir os horários.
7. Guarde as receitas médicas, todas juntas, num arquivo de fácil consulta em caso de confirmação de dosagem ou continuação do tratamento.
8. Com frequência, reorganize essa farmacinha, conferindo as datas de vencimento e a necessidade de  reposição dos medicamentos mais importantes.
 
O ideal é manter somente os medicamentos prescritos pelos médicos durante o tratamento. Assim que o tratamento terminar, devemos  descartar os medicamentos. Não existe a necessidade de mantermos muito coisa além de antitérmicos, analgésicos, pomadas e itens para curativo. Afinal, se os sintomas persistirem é sinal de que alguma coisa não vai bem com o nosso corpo e devemos procurar orientação médica.
 
E aí na sua casa, como anda a farmacinha?

 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário