sexta-feira, 20 de junho de 2014

Diferentes povos. O melhor da Copa.

TORCIDA MULTIRACIAL
Contra ou a favor, a Copa do Mundo está aí. Torcidas vestidas nas cores das suas seleções; estrangeiros indo e vindo; pessoas, casas e ruas decoradas; estádios lotados; vibração ao cantar os diferentes hinos... Tirando a frustração em relação ao governo e aos excessos com o mundial, resta o melhor que um campeonato deste porte pode oferecer: a confraternização e a mistura de raças. Povos tão diferentes unidos num mesmo objetivo. 

Assim como muitos brasileiros, tenho inúmeras razões para ser contra o governo e os excessos da Copa, mas não deixei, e não deixo, de celebrar. Não deixo de me indignar e protestar, mas mantenho a esperança num futuro melhor. Ainda acredito que podemos fazer a diferença. Podemos promover a mudança com o que temos de melhor de cada povo. 

Presente em um dos jogos do mundial, o que vi e senti foram milhares de pessoas felizes em celebrar. Celebrar o esporte, a diversidade cultural, o patriotismo, o momento com a família e com os amigos. Vi a alegria estampada no rosto de brasileiros e estrangeiros. Mas o melhor foi perceber a beleza do nosso povo. Um povo multiracial. 
Na minha família temos descendência portuguesa e japonesa, e um cunhado argentino. Que a gente adora! E aos amigos? Tem americano, descendente de chineses, casado com coreana. Nos reunimos para assistir uma partida entre Irã e Nigéria. 

E as torcidas em casa e nas ruas? Imagens lindas de momentos especiais que reacendem o amor pelas nossas origens e provam que somos uma simpatia. E é isso que devemos mostrar para as nossas crianças. Que somos uma mistura "dos diferentes". Que as diferenças devem aproximar as pessoas. Porque as diferenças enriquecem a vida. Não importa o resultado do jogo. O que importa é o que podemos aprender e ensinar com essas diferenças. 
Nosso abraço bacana aos nossos queridos amigos que nos enviaram essas lindas fotos. E se você tem imagens dessa copa com sua família multiracial ou com turistas estrangeiros, mande pra cá. Teremos o maior prazer em incluí-las neste post.
 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário