terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Paciência de mãe também tem limites.

COMO TER PACIENCIA COM OS FILHOS E MARIDOQuem disse que ser mãe é fácil? Ser mãe é ótimo, mas não é fácil!
 
Mas nada na vida é fácil, não é verdade? E como não é fácil precisamos aprender a lidar com os nossos altos e baixos. Equilibrar os "pratinhos da vida", sorrindo o tempo todo exige uma grande dose de paciência. Mas paciência de mãe, também tem limites.
 
E quando a sua paciência se esgotar, procure se compreender e ser compreendida. Filhos e maridos podem e precisam cooperar com a mãe. Se disse ou fez algo que não queria, explique para a família como se sente e porque agiu dessa forma. O diálogo é o melhor caminho para mantermos o bom relacionamento com as pessoas, e com filhos e marido não é diferente.

Aqui pratico a política da mãe real. Tenho absoluta certeza que sou a melhor mãe que meus filhos poderiam ter e me dedico a ser uma boa esposa, para que possamos viver bem. Porém somos todos seres humanos, com qualidades e defeitinhos que nos fazem diferentes uns dos outros. Faço de tudo para entender a personalidade dos três, mas não sou de ferro. Também quero ser compreendida. Têm dias que as coisas parecem ser mais difíceis e briguinhas acontecem. Aí preciso dizer o que penso e sinto, respiro fundo, peço desculpas pelas palavras e atitudes... E recomeçamos.
 
Quando nos dedicamos, de fato, a entender nossas próprias angústias, culpas e frustações, superamos com mais facilidade momentos de conflitos. Cooperação e respeito são palavras-chave para que uma família viva em harmonia. E uma "briguinha" de vez em quando não mata ninguém. Bem pelo contrário, com respeito, as "briguinhas" podem fortalecer a relação. 
 
E você, também "roda a baiana" quando falta paciência?
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Gisa eu também tento conversar muito com as meninas, mas quando é preciso rodo a baiana :)


    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir