segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Recebendo crianças em casa

DICAS MAE BACANAUma das melhores coisas quando se têm crianças são as amizades que conquistamos junto com eles. A medida que vão crescendo as crianças querem a companhia dos amigos não só nas festas de aniversário, mas numa tarde para brincar, num passeio no parque, numa sessão de cinema, na noite do pijama, nas férias da praia... Estar com os amigos é realmente uma das melhores coisas da vida. 
Se você ainda não pratica esses encontros em casa porque acha que dá muito trabalho, saiba que eles fazem bem para o seu filho, para os amigos dos seus filhos, para os pais dos amigos e para você. 

Para animar você à preparar encontros com os amigos, selecionamos algumas ideias de brincadeiras e comidinhas que podem alegrar a todos e facilitar a sua vida.

COMO RECEBER CRIANÇAS EM CASAPrimeiro defina quando será o encontro, se de dia ou à noite.  Depois defina quantos amigos você vai chamar. O encontro não precisa ser uma festa, reunir duas ou três crianças já é uma festa, certo? Então pense no espaço e em como elas podem brincar. Mesmo para quem mora em apartamento e não tem a opção da área de lazer, nada está perdido.
A próxima etapa é definir algumas brincadeiras. Hoje as crianças estão muito conectadas e nas férias isso acaba se tornando um exagero. Converse com seu filho e defina algumas brincadeiras legais para aproveitar e se desligar do tablet. Acampamento, partida de futebol/volei, gincana, jogos de tabuleiro, partida de videogame, pega-pega, guerra de bexiga d'água... São algumas opções que os meninos gostam. Já as meninas curtem, além de algumas dessas brincadeiras fazer pintura e culinária.
E como você não quer ter muito trabalho, prepare ou encomende algumas comidinhas com antecedência. Lembre-se de confirmar com os pais se as crianças não têm restrições alimentares. Pode ser sanduiche de queijo e peito de peru, pizza, cachorro-quente, hambúrguer, pão de queijo... Bolo, cupcake ou brigadeiro... Salada de frutas ou espetinho de frutas... Muita pipoca... Água, suco de frutas, chá gelado... Picolé, sacolé ou sorvete com confeitos.

E não se esqueça de definir as regras. Cada criança tem a sua personalidade e seu jeito de se comportar. Cabe ao anfitrião determinar o que pode e o que não pode na sua casa. Converse com seu filho antes que os convidados cheguem e defina algumas regrinhas de convivência para minimizar os conflitos e garantir a diversão, como: pular no sofá, escolher o filme, dividir e guardar os brinquedos... Depois, junto com os amiguinhos, relembre como será o encontro e as opções de comida e brincadeiras. Com um pouquinho de organização fica fácil e divertido.

E você, tem alguma dica para a gente acrescentar aqui? 
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Eu recebo crianças em casa, mas mando embora os diabinhos. E se pudesse, puxava os pais deles pela orelha quando observam seus filhos quase queimando a casa alheia e dizem "ai, em casa eles não são assim porque LÁ eu não deixo". Contando até 10.... hehe bjs

    ResponderExcluir
  2. Risos... Sempre digo para os meus filhos que se eles não se comportarem na casa dos amigos não serão mais convidados, porque essa é a regra aqui. Não gosto que façam na casa dos outros o que não fazemos na nossa casa. Muitas vezes a criança não está acostumada com as nossas regras, mas se você chama a atenção e ela se comporta, tudo certo! É uma criança. Mas se você não consegue dominar o amiguinho aí deixa de ser diversão. Entendo perfeitamente o que você quer dizer. Limites para os adultos. Risos... Abs!

    ResponderExcluir