quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Mamãe em forma

Durante, ou após a gravidez, muitas mulheres se veem desesperadas com a nova forma do seu corpo. Existem aquelas que querem perder tudo, e mais um pouco, assim que o bebê nasce. Existem outras que relaxam e entregam o corpo à sorte e às leis da natureza e ainda as que se preocupam com a forma física, mas dão tempo ao tempo para que tudo volte ao normal.
 
Mas qual a medida certa?

Ultimamente assistimos diversos programas de TV falando da tal "medida certa". E é isso mesmo. Medida certa é o que é bom pra cada um. Na medida! Tudo que for excesso com certeza fará mal a saúde: Muita comida, muito sedentarismo, muito vício, muita dieta, muito exercício. 
 


Aí, chega a estação mais gostosa do ano e com ela o desespero aumenta. Difícil, muito difícil quem não deseje estar melhor com seu corpo. Mães "normais", aquelas como eu e você, dificilmente contam com personal trainer, nutricionista, cozinheira, academia em casa... Mas podemos sim melhorar aquilo que não está legal no nosso corpo. Os resultados não surgem de um dia para o outro, mas com o passar dos dias. Com dedicação e bom senso.  
Para quem acabou de ganhar seu bebê a dica é boa alimentação, foco na amamentação e exercícios físicos moderados. A produção de leite é uma atividade intensa que exige da mãe 600 a 800 calorias por dia, o que equivale a meia hora de caminhada moderada. Por isso quem amamenta retorna mais rápido ao peso anterior à gravidez. Em contrapartida sente mais fome e precisa alimentar-se bem.  Então aproveite cuidando de você e do seu bebê.

Para quem já passou dessa fase dos bebês, mas ainda sente que o corpo não está legal, a dica é: dê o primeiro passo, seja marcando uma consulta médica no endócrino, buscando ajuda de uma nutricionista, frequentando um grupo de apoio ao emagrecimento,  entrando na academia, encontrando um esporte que dê prazer ou formando um grupo de caminhada. O importante é definir o que deseja, planejar e dar um passo de cada vez. Nada de dietas malucas, exercícios físicos em excesso e drogas milagrosas. O importante é se sentir bem e feliz.
 
Foi pensando nisso que a Blogueira, e mãe, Loreta Berezutchi criou, juntamente com uma nutricionista e uma educadora física, o  Projeto Mãe Gatinha. Uma forma de encorajar outras mães na busca de um corpo saudável e feliz. Segundo elas, "Mães felizes criam filhos felizes!"

E quem duvida disso? Eu não! Por isso não deixamos a peteca cair. Trabalho, lazer, boa alimentação e treino. Sim! Faça chuva, faça sol o treino renova as energias e deixa essa mãe aqui muito mais feliz. Assim como eu posso, você também pode. Comece hoje, nem que seja pensando a respeito. Nós apoiamos, incentivando e acreditando que você pode. 

Depois venha nos contar!
 
Links que podem ajudar: Runners WorldWomens health e Vigilantes do peso.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Gisa parabéns pelo texto e pelo incetivo.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida! Todas unidas por um corpinho saudável. Beijos

      Excluir
  2. Oi Gisa,
    Determinação e foco são as palavras certas! Conheço pessoas que estão se dispondo a mudar hábitos alimentares e arrumando um tempinho na correria do dia a dia em busca da "medida certa". Eu as admiro, mesmo!
    Mães em forma é sinônimo de mães de bem consigo mesma e o resultado são filhos felizes e bem cuidados também rsrs
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Larissa! Foco. Quando queremos alguma coisa, conseguimos. Beijos

      Excluir