quarta-feira, 19 de junho de 2013

Orlando - Conhecendo a redondeza.


Há quem prefira passar todo o tempo da viagem num só lugar, mas o melhor de uma viagem é conhecer a cultura local e isso também é válido em Orlando. Vale uma esticadinha nas cidades vizinhas como Winter Park, St. Petersburg, Tampa ou Miami. Muitas pessoas optam por chegar ou sair de Miami e por lá fazer as compras. As cidades de Winter Park e St. Petersburg são demais!


Pier
Winter Park é uma cidadezinha super simpática vizinha de Orlando. Fica no Condado de Orange. Por lá você caminha na Park Avenue, estaciona facilmente e pode conhecer diversas galerias de arte, lojinhas e restaurantes bacanas. Lá tem uma ferinha de sábado que é uma graça. Não deixe de procurar pela pipoca de feira. Simplesmente surpreendente! Você pode programar para tomar um breakfast lá mesmo e curtir o resto da manhã. 

 

St. Petesburg é linda. A cidade está localizada no Condado de Pinellas e possui um pier maravilhoso. Com estacionamento fácil, vale a caminhada pela marina e até o Pier.


A cidade também abriga o museu Salvador Dali e o Museu de Belas Artes. Um passeio ideal para sair da correria e mostrar para as crianças que existe muita coisa boa além dos parques e do consumo. No Salvador Dali, as crianças ganham um folheto com a imagem de algumas obras e são desafiadas a procura-las, marcando no folheto. Uma forma de incentivar a apreciação. 

 
O museu do Salvador Dali tem um café chamado Café Gala que serve lanches deliciosos, bem no estilo gourmet. Depois curta a lojinha do museu.
 
Se você gosta de arte, especialmente de Salvador Dali, viste Artsy Salvador Dali e aproveite!
Outra atração imperdível é ir para o Donwtow Disney. Visitar a Loja da Lego, assistir ao Cirque du Solei, comer nos restaurantes locais e, quem sabe, assistir a um showzinho no House of Blues. Nesse caso é preciso estar num grupo de familiares ou amigos e deixar as crianças em boa companhia. Se for possível, vale a pena uma saidinha de adultos. É possível fazer um revezamento, afinal as crianças ficam tão casadas que podem comer e descansar no hotel enquanto os pais dão aquela esticadinha. Um dia um casal, depois o outro. Por que não?

 Em todos os lugares é bom manter as crianças com pulseirinhas identificadas com o telefone e uma orientação de como devem proceder no caso de se perderem dos pais.

Viagem com crianças são maravilhosas, mas é preciso organização. Mesmo assim existem os imprevistos e precisamos lidar com eles, no mais é só aproveitar!

Mais dicas? Então acesse o Blog Eu viajo com meus filhos. No próximo post veja como se organizar para fazer compras sem tirar o olho das crianças.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Adorei saber que St. Pete é tudo isso que eu esperava!! Vamos em agosto e agora estou ainda mais ansiosa! Eba!!

    ResponderExcluir
  2. Que bom Myriam! Você vai adorar. Lá eu tenho a sensação que deveria ter passado mais tempo. Passar uma noite, quem sabe. É, sem dúvida, um dos lugares que voltarei sempre. Estive lá há 12 anos e em janeiro agora. Antes e depois dos filhos. Foi bem legal! Entre no link da cidade e veja quanta coisa legal pode fazer em agosto. Depois vem aqui contar. Beijos

    ResponderExcluir