quarta-feira, 5 de junho de 2013

A importância dos irmãos

Irmãos, não apenas filhos do mesmo pais ou da mesma mãe, mas pessoas que têm um laço forte de amizade. Irmãos crescem juntos e passam a maior parte da vida dividindo tudo. Laços de convivência que desenvolvem laços emocionais de amor.
Quem tem um irmão ou irmã sabe bem a relação de "amor e ódio" que se estabelece durante um determinado período da vida. Mas não é preciso buscar resultados de pesquisas para saber o quanto um irmão significa na vida da maioria das pessoas. O desenvolvimento de uma criança é enriquecido com a presença de um irmão.  
Imagens
Os pais são os responsáveis por formar os filhos, mas os irmãos são os modelos de como a formação funciona de verdade durante a vida. Como são da mesma geração, ou de gerações mais próximas, servem de espelhos uns para os outros. Com os irmãos aprendemos a dividir, aprendemos a nos comportar na escola, a viver nos grupos, a enfrentar a vida e as situações do cotidiano.
Quem tem mais de um filho já ouviu ou percebeu a admiração de um pelo outro, independente da idade ou da etapa que estão vivendo. Admiração pela coragem, pelo talento, pela inteligência, pelo afeto... 
 
Por isso é tão importante que os pais estabeleçam uma relação de companheirismo entre os filhos, ensinando como um deve respeitar o outro, estimulado a solução dos conflitos, minimizando os ciúmes e  estabelecendo uma relação de cooperação entre eles.

Quem não se recorda das noites de sono juntinhos ou de uma brincadeira especial?
 
E você, acredita nos benefícios dessa relação? Conte para a gente a sua experiência com os seus irmãos ou com seus filhos. 
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Gisa,
    Eu sou apaixonada pela minha irmã, mais velha que eu cinco anos. Somos, mesmo assim, melhores amigas.
    Ela sempre foi minha primeira referência, meu orgulho!
    Por isso, quero muito que minha filha saiba o que é essa parceria, esse amor!

    ResponderExcluir
  2. Oi Pati! Os nossos filhos percebem o amor que temos por nossos irmãos e aprendem a valorizar isso. Meus filhos veem na minha irmã a segunda mãe deles. Isso é muito bom. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Gisa ,amei teu post eu tenho 5 irmãos 1 é irmã,sempre amei ter irmãos mais velhos sou a mais nova.
    Embora com o tempo e a distância nós ter nos afastado .
    Arthur está aqui quase conhecendo esse mundão e pro futuro bem distante pretendo dar uma irmãzinha pra ele hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Nara! Eu também estou um pouco longe dos meus, mas tentamos nos falar sempre. Beijos

      Excluir
  4. Gisa eu amo meu irmão, é um companheiro que posso contar a qualquer momento e ele pode também comigo sempre, nos damos super bem agora, mas quando éramos crianças brigávamos muito.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Desirée! Eu também amo os meus, mas também brigávamos. Vejo pelos meus filhos hoje que isso é perfeitamente normal. Faz parte da formação. As brigas também ensinam. Beijos

      Excluir
  5. Oi, Gisa,
    irmão, para mim, é a invenção mais sensacional do mundo. Amo de paixão meus irmãos (somos 2 mulheres e 3 homens), e isso se estende aos cunhados! Amo tanto que quis que meus filhos tivessem a mesma oportunidade (só não tive a coragem da minha mãe, de ter 5, e parei nos 3 rsrs!)
    Post maravilhoso, fotos lindíssimas!
    Um beijo,
    Marusia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marusia! Também adoro!!! Pra dividir as alegrias e as tristezas não tem pessoa melhor que um irmão. Rir e chorar com eles é tudo de bom. As imagens são do pinterest, mas a primeira somos eu, minha irmã e meu irmão. Ainda falta um que nasceu muito tempo depois que é um querido. Beijos!

      Excluir