quarta-feira, 3 de abril de 2013

Não somos uma família de comercial de margarina!

Sabe aquela tradicional imagem de comercial de margarina onde tudo parece correr em perfeita harmonia? Todos à mesa juntos, no horário certo, com caras de bons sonhos?

Quem já não imaginou que formar uma família era fácil? Formar uma família é uma empreitada de trabalho e responsabilidade e a imagem do comercial de margarina não resume o dia a dia de uma família normal.

Nem sempre todos comem juntos, nem sempre conseguimos cumprir os horários, às vezes dormimos mal, não conseguimos dar atenção à alimentação, a casa está desorganizada, falta paciência, o orçamento está explodindo... E normalmente não recebemos pãozinho na boca. Enfim, cada família tem suas "imperfeições".
 
Imperfeições, será? Tirando o que verdadeiramente atrapalha cada um, vamos levando. Não vamos atingir a perfeição simplesmente porque somos uma família. Um conjunto de pessoas que vivem na mesma casa formando um lar.
 
Tentamos nos organizar, nos alinhar, nos combinar, mas somos seres diferentes. Pai calmo e mãe agitada. Filho organizado, filha atrapalhada. Somos "assim ou assado", mas é dessa forma. O que precisamos fazer é buscar a harmonia. Acertar o passo para que todos se ajudem, sem obrigar que uns sejam iguais aos outros. 
 
A busca por querer que tudo saia conforme o planejado faz parte do desejo de querer sempre o melhor, e é válido, mas causa uma certa frustração quando não correspondemos a nossas expectativas e as expectativas dos outros. A saída é não somar frustrações. Tentar acertar, fazendo o que realmente importa e diverte a nossa família, mas também aceitar como somos, porque essa é a grande e boa diferença.  
 
E com você é assim ou tudo funciona como no comercial de margarina?
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Quem dera fosse um comercial!! Tenho pavor de quem sempre diz que não há cansaço e nem frustração...a vida real tem seus altos e baixos e isso significa que estamos VIVOS! Nem todo dia está tudo bem, mas nada que uma noite de sono não resolva! Familia que é familia briga, se chateia, mas se respeita e se ama! Normal! Como qq ser humano! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Myriam pela sua participação. Beijos

      Excluir
  2. Olhe, por aqui somos de um jeito tão "não comercial de margarina" que só comemos manteiga! Tudo virado ao avesso, tento manter uma rotina para o pequeno, mas as vezes não dá, tem dia que a louça se acumula, o pó se mistura com fios do cabelo criando monstros horríveis debaixo da cama, tem dia que ta tudo limpo, tem dia que o lixo do banheiro, da cozinha e do escritório transbordam, mas tem dia que chego em casa e sinto o cheiro da essência de lavanda que perfuma a casa. É assim né, a vida esta aí para ser vivida. To tentando ser menos neurótica com organização e viver mais, afinal, ninguém morre se deixar uma louça para o outro dia e juntar um pouco de pó na penteadeira! Aos poucos aceitando que perfeição não existe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo relato! Vai ver que é por isso que tenho comido tanta manteiga. Não tinha me dado conta disso. Obrigada pela participação. Beijo

      Excluir
  3. Comercial de margarina em dias de ciclone. Essa é a minha casa.
    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho que rir com você! E temos que rir das nossas casa, das nossas vidas, dos nossos cafés da manhã. Seria muito divertido ver um comercial de margarina retratando a realidade das nossas casa, não seria? Beijos.

      Excluir
  4. Até faço planos do dia ser família comercial de margarina, mas eles nunca passam das10 da manhã;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é muito boa! O bom mesmo é ser real, não é mesmo? Obrigada pela visita. Venha sempre! Beijos.

      Excluir