sexta-feira, 12 de abril de 2013

Filhos e muita tarefa escolar.

Independente da escola, os conteúdos são extensos. Livros, apostilas, cadernos, pesquisas, caligrafia, trabalhos de artes, provas, avaliações... Cada filhos cursando um ano e, mãe e pai enlouquecidos. Será que é sempre assim? Nem sempre. Tem gente que, com muito empenho, conseguiu transformar a agenda semanal dos filhos numa rotina acessível e de sucesso. 

Mas como organizar uma agenda e ensinar os filhos a segui-la? Como conciliar o acompanhamento dos estudos com as exigências da profissão ou da casa? Como ser mãe/pai/família é uma aprendizado diário, a gente foi atrás de quem já conseguiu grandes progressos no assunto. 
 
Ruth Rossi, professora universitária e mãe de quatro filhos, Rafael de 13, Felipe de 11, Pedro de 8 e Maria Antônia de 4nos contou como faz para acompanhar o estudo dos filhos, se dedicar a profissão e comandar a rotina da família.

 
Os meninos vão para a escola às 6:30 e retornam às 16h. Depois de um lanche caprichado vão fazer as tarefas. "Geralmente o Rafael, que já está cursando o 8º ano, faz suas tarefas na mesa da sala, separado dos irmãos. Como já é bem independente nos estudos, raramente pede ajuda. Mas nas pesquisas, conta comigo para repassar o conteúdo pesquisado e auxiliar nas correções. É um momento para compartilharmos conhecimento. Já o Pedro, que está no 3º ano, e o Felipe, que está no 6º, fazem suas tarefas no escritório. Pedro, o mais novo entre os meninos, faz tarefas de caligrafia três vezes na semana e conta com a minha ajuda, mas ambos já dominam suas lições de casa". Conta Ruth.

Enquanto os meninos fazem suas lições, Ruth aproveita para dar atenção a filha mais nova, com alguma brincadeira ou banho, garantindo a paz e concentração dos meninos. Quando todos terminam as tarefas, tomam banho e jantam é que brincam e assistem TV. E não pense que isso vai até tarde, às 21h todos estão dormindo.

Como toda e qualquer mãe, que trabalhe fora ou em casa, ela afirma que às vezes existem dificuldades. "O complicado é quando tenho provas para corrigir no escritório e eles querem mexer em tudo". Diz. Mas Ruth atribui o sucesso dos estudos a organização e a rotina. E como impor limites nos faz pensar, ela também avalia suas decisões. "Durante a semana não tem videogame nem tablet. Pode ser que esteja errada em ser metódica, mas nunca tive problemas com os meninos na escola". Acrescenta.

É muito bom contatar que organização, rotina e bons hábitos desde cedo ajudam a formar pessoas dedicadas e responsáveis com suas tarefas. E criar o hábito não é do dia pra noite, exige dos pais muita dedicação e persistência.

E você, conseguiu organizar uma agenda de estudos em casa? Acompanha o progresso dos seus filhos e consegue conciliar com suas tarefas? Comente!
 
  
Tem uma história pra contar? Entre em contato com o "Mãe bacana". Quem sabe você não vê a sua história publicada aqui. 
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Luciana Bossle Silveira12 de abril de 2013 16:25

    Esta família é sensacional,um exemplo pra todos nós,amigos,que partilhamos tantos momentos juntos! Mérito de quem? Da vontade de ambos,de ter uma família, se dedicar a ela, e por em prática! Em sonho,tudo é possivel, e irreal...dia a dia,se constroe com vontade,determinação,amor ! Sem falar que,uma família equilibrada,reflete basicamente...uma mãe equilibrada,sem ofensas aos pais /maridos! A mãe estando bem,em todos os sentidos,tudo vai bem...minha opinião,bem pessoal! Mas...lembrando claro,que família completa,é mãe,pai e se Deus mandar,muitos filhos! Lu Bossle

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu querida! Que bom ter você aqui. A Ruth Rossi é mesmo um exemplo a ser seguido, não só no quesito estudos, mas na determinação em apoiar os filhos e ensina-los que estudar é bom demais. Beijos

    ResponderExcluir