sexta-feira, 5 de abril de 2013

As crianças estão a mil!

Quem tem filhos na escola sabe da enorme exigência com relação a rotina: organização, agenda, regras, disciplina... São crianças entrando na linha dura da competição. É preciso estudar, estudar, estudar. É prova, pesquisa, avaliação, aula de música, aula de artes, idiomas, reforço escolar... Cada família sabe bem como é.

E nessa roda vida de tarefas, tarefas, tarefas temos crianças cheias de energia, querendo apenas brincar. Querem correr, pular, cantar, dançar, falar alto, lutar... Sentem necessidade de se expressar. Como tudo isso é difícil quando os pais chegam cansados e já pensando no dia seguinte? Por mais que as crianças gostem da escola, dos estudos e das atividades extracurriculares elas estão vivendo hoje as exigências do futuro. Estão sendo preparadas para enfrentar o mercado de trabalho.


 
Imagem
 

Para garantir os resultados e a felicidade dos nossos pequenos precisamos encontrar uma forma de deixa-los extravasar. Deixar que coloquem toda essa energia pra fora para poder assimilar com mais facilidade as exigências do dia seguinte.

Um pega-pega, um esconde-esconde, um duelo de espadas, uma luta de travesseiros ou uma dança no chuveiro não vão nos arrancar pedaços, bem pelo contrário, permite que todos entrem na brincadeira e coloquem pra fora seus "bichos". E isso não precisa ser todos os dias. Podemos contar também com os jogos de tabuleiro. Uma terapia em família que relaxa enche a casa de alegria.
 

E você, sente o peso das cobranças? Como tem feito para relaxar as crianças? Deixe seu comentário ou sua dica.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Minhas meninas ainda não foram para escolinha, a única atividade que fazem fora de casa é ir para natação, mas não dizer porque elas ainda não foram para escola, mas meninas meninas tem uma energia para brincar impressionante, de tirar o fôlego de qualquer um. Tenho sempre brincar com elas de pintar/montar quebra-cabeça/colocar elas para dançar para ver se consegue gastar parte da energia delas, pois eu quando acabo, estou sempre muito cansada. Mas feliz por ver minhas meninas tão saudáveis e felizes.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Desirée! Não é fácil, imagine pra você que tem uma turminha em casa. Mas é isso aí! Vamos gastar as energias. Beijos.

      Excluir
  2. Oi!
    Minha pequena tem 2 anos e 3 meses, quando nos encontramos (à noite, apenas), brincamos juntas de fazer carinho, de dar beijo, de achar/esconder o rosto, de quebra-cabeça ou ler livros. Jantamos juntas, dou banho nela (sempre tomo banho junto) e ficamos na minha cama juntas até ela dormir (aonde ela toma mamadeira).
    Todas as atividades neste curto espaço de tempo fazem com que eu fique mais com ela (e menos com a casa, no geral, não lavo louça, não faço a janta, não arrumo nada enquanto ela está acordada) e fico 100% com a pequena.

    Mas não é fácil...

    Beijos grandes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gisa, te mandei e-mail, se der vc me responde, por favor?
      Beijo grande e obrigada!!

      Excluir
    2. Oi Dani! Os filhos exigem muito de nós, mas com muita dedicação e vontade, encontramos um jeitinho de dar atenção. É isso aí! Faça o que for mais importante pra vocês. Beijos. Ah! E continuamos trocando e-mail, ok?

      Excluir