quarta-feira, 6 de março de 2013

Método de ensino, regras e cobranças. E os pais? Ansiosos.

O ano letivo começou com tudo e, para as família que tem filhos a partir do ensino fundamental, as cobranças são grandes. É comum que as escolas reservem um dia para apresentar aos pais o método de ensino e as regras da instituição para o ano, a famosa reunião. Nesse momento os pais se dão conta do tamanho da cobrança que está por vir e se perguntam: "Como daremos conta?"

Zippy Kidstore

A cobrança por bons desempenhos está presente na vida da gente todos os dias. Precisamos de bons resultados para conquistar vagas na universidade, no concurso, no emprego dos sonhos, num contrato de trabalho, na vida. É uma cobrança "maluca", mas ela existe e precisamos nos adequar. As lições que os filhos trazem para casa nos mostram diariamente a quantidade de conteúdo trabalhado. É natural questionarmos se tudo isso é necessário, já que na nossa época era um pouco diferente. 

Temos que pensar que essa é uma outra geração e eles podem absorver mais do que imaginamos, mas para isso é preciso acreditar na instituição que escolhida, no método de ensino aplicado, nos professores, na nossa capacidade de educar e na capacidade dos filhos em aprender. É preciso relaxar, mas participar. Quando participamos conseguimos sanar dúvidas e seguir em frente junto com eles. 

Se a ansiedade de mãe (e pai) bateu, tente manter o foco naquilo que realmente é importante como a definição de uma agenda semanal. Tente não passar para a criança essa ansiedade, mas colocá-la a par das mudanças, de forma interessante e construtiva. Nossa ansiedade acaba gerando medo e insegurança. Algumas crianças ainda não sabem o que é uma prova, uma avaliação, uma nota. Outras podem ter mudado de escola, de método de ensino, de cidade. O novo causa estranheza, mas pode ser encarado com curiosidade e desafio. 

Acredito que o simples fato de rever a nossa postura de educador ajuda muito na forma como a criança vai enxergar os estudos e as cobranças. Procuro trocar frases do tipo: "Larga essa videogame e vá estudar, porque agora você vai ver o que é uma prova!" por "Já definimos os dias de videogame, agora vamos estudar para que você possa continuar sempre jogando, não é melhor?"  Isso é difícil e requer uma dedicação enorme da nossa parte, porque não temos somente os filhos, temos o trabalho, a casa e outras preocupação, mas precisamos e podemos tentar, certo?

Então, convido você que está na mesma situação a colocar a ansiedade de lado e curtir os melhores momentos da vida escolar. Certamente vai chegar no final do ano com ótimos resultados e vai se lembrar que passou por isso.  Afinal, que graça teria se tudo fosse tão fácil? 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário