sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Florianópolis com crianças - Passeios diferentes

Se você quiser sair um pouco do roteiro praias, existem opções legais para levar as crianças além de shopping. Então, aqui vão algumas dicas de passeios diferentes. 

Projeto Tamar - Igual ao projeto da Bahia, a visita ao Tamar é muito legal. Você pode tirar várias fotos das tartarugas e em frente aos painéis de entrada, que são incríveis. Fotos em alta qualidade revestem o muro de entrada e se você fizer a pose certa parece que está dentro da foto. Pode ainda ter a oportunidade de alimentar as tartarugas junto com os cuidadores. 

 
 
 Horto Florestal do Córrego Grande: Situado no bairro do Córrego Grande, com uma área total de 21,3 hectares, o Parque Ecológico do Córrego Grande conta com uma infraestrutura diversificada. A grande atração do lugar são as trilhas, mas você pode descansar a beira do lago, fazer um piquenique, utilizar as quadras de esporte, brincar no playground, caminhar e visitar o viveiro de mudas. Lá você pode encontrar galinhas, galos, patos, coelhos e, dependendo da hora do dia, diversos tipos de pássaros. Tem ainda alguns exemplares da flora nativa como o Pau- Brasil. 


 
Surfar nas Dunas: Uma das maiores atrações turísticas de Florianópolis, as Dunas são área de preservação permanente. É impossível não se encantar com a beleza. Existem diversas dunas localizadas na Lagoa da Conceição, Joaquina, Ingleses, Santinho, Moçambique, Campeche, Armação e Pântano do Sul, mas a mais famosa de todas é a que separa a Praia da Joaquina da Lagoa da Conceição. Lá surgiu o Sandboard, o "surf de areia". Mesmo para quem não quer ou não pode se aventurar vale apreciar de pertinho essa maravilha. Tenho fotos lindas quando criança e levei meus filhos para a diversão. Adoraram!


Ponte Hercílio Luz: Uma das maiores pontes pênseis do mundo. Foi inaugurada em 1926 com estrutura de aço e peso aproximado de 5.000 toneladas. Todo o material foi trazido dos Estados Unidos. A inauguração da ponte Hercílio Luz acabou com o sofrimento dos 40 mil habitantes de Florianópolis que dependiam de balsas para atravessar da Ilha ao Continente ou vice-versa. Em 1982 foi fechada por medida de segurança e hoje continua sendo o cartão postal da cidade. A obra foi tombada como patrimônio histórico. Vale a ida no mirante da cabeceira da ponte para ver uma das mais bonitas vistas do centro da Cidade. 
 

Ribeirão da Ilha: O Ribeirão da ilha foi o primeiro local habitado de Florianópolis no século XVI. É um dos um dos poucos lugares do litoral sul do Brasil que conserva os traços da colonização portuguesa. O Ribeirão é famoso pelo cultivo de ostras e tem diversos restaurantes que servem essa delícia. Um lugar para fotografar, passear e apreciar a culinária local.

 
 

Mirante do Morro da Cruz: De fácil acesso, o Morro da Cruz tem a vista panorâmica mais legal da cidade. Você fica a 450 metros acima do nível do mar. Dependendo da idade das crianças, vale a pena levar para ver a cidade bem do alto. 
Santo Antônio de Lisboa: Um lugar charmoso que preserva a cultura açoriana. Santo Antônio foi ocupado inicialmente pelos índios Guaranis e na virada do século XVII começou a receber imigrantes açorianos. Como estava bem localizado, o lugar se tornou porto e posto da alfândega permitindo o comércio com os viajantes e navios estrangeiros da cidade. No século XIX, Santa Catarina recebeu portugueses, espanhóis, italianos, franceses, alemães, belgas, gregos, sírios e africanos. Dos açorianos o povo herdou o linguajar e sotaque peculiar, assim como a cerâmica, a renda de bilro e a religiosidade e tradicionais festas. 

Apresentação do Boi de mamão: O Boi de mamão é uma manifestação folclórica com origem nas brincadeiras com o boi feitas de pano e papel machê, parecidas com o bumba meu boi do nordeste. Entre as figuras que aparecem no boi-de-mamão uma que dá medo e curiosidade é a bernunça ou bernuncia, uma espécie de bicho-papão que engole tudo o que encontra pela frente. Hoje não é muito fácil encontrar apresentações de boi de mamão, mas vale a pena perguntar aos moradores e donos de restaurantes da região de Santo Antônio e Ribeirão da Ilha onde os grupos folclóricos se apresentam.

Visite Florianópolis, você vai adorar! 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário