terça-feira, 30 de outubro de 2012

Você sabe como escolher e conservar carnes?

Escolher os produtos que vão fazer parte da nossa despensa parece uma tarefa fácil, não é mesmo? Basta fazer uma lista do que queremos ou do que está faltando e pronto. Mas na verdade, escolher o que vamos consumir exige um pouquinho de atenção. Principalmente quando se trata de produtos perecíveis.

No caso das carnes, além de saber escolher o tipo mais adequado para cada receita, o mais importante são os cuidados de manipulação e conservação. Primeiro devemos optar por supermercados, açougues e mercearias de confiança, observando as condições de higiene e procedência dos produtos. O local deve ter o certificado da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária.

Escolhendo onde comprar, devemos observar a coloração da carne, que deve variar entre os tons de vermelho, nunca escura ou esverdeada. Observe também o prazo de validade escolhendo datas mais longe do vencimento. O odor também é sinal de que a carne está legal. Não pode ter odor forte.

Após a compra devemos levar imediatamente ao refrigerador, para ser consumida no dia, ou para o freezer para ser consumida posteriormente. Evitar aquelas paradinhas pelos caminho deixando a carne exposta ao calor.

É importante ter atenção à promoções de grandes supermercados. A oferta é boa quando é consequência de uma grande compra e nunca por baixo giro do produto no supermercado. Não adianta correr o risco de contaminação adquirindo grandes quantidades que podem estar vencendo.

Outra questão é observar a organização do supermercado em relação ao retorno imediato de produtos deixados nos carrinhos próximos aos caixas. Se o supermercado costuma ser desorganizado, existe a grande possibilidade de você comprar uma carne que ficou muito tempo fora de refrigeração.

Observar a aparência e a higiene de todo o setor de carnes dá uma ideia de como os produtos são manipulados e conservados. A apresentação da equipe do açougue, as condições das mesas de corte e a forma que os produtos são embalados. Um setor de carnes com péssima apresentação pode ser consequência de economia de energia durante a noite, falta de pessoal e falta de gerenciamento. Mas você não pode pagar por isso colocando a saúde da sua família em risco, certo?
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. é tão difícil, né? A gente pode até cuidar, mas se o supermercado não cuida, nada adiantou... É contar com a sorte, às vezes. Bj, Tati amigosdefraldas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Tati! É isso mesmo. Com todo o nosso cuidado ainda temos que contar com a sorte. Beijo

    ResponderExcluir