segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Você sabe o que é terror noturno?

O terror noturno é um distúrbio do sono consistindo de ataques de terror agudo. A criança sai do sono profundo, sem sonhos, e fica extremamente agitada. Ela pode gritar, suar, gemer, sentir falta de ar e ficar confusa. Em alguns casos pode sair da cama ou do quarto, destruir objetos ou agredir pessoas.

Não é comprovado, mas algumas teorias biológicas dizem que as causas apontam para um sistema nervoso ainda imaturo. Este quadro é encontrado em toda a infância, mas ocorre com mais frequência dos 3 aos 7 anos de idade e é relatado durante atendimento pediátrico de rotina até 5% das crianças.

Isso ocorre geralmente dentro de uma hora após a criança dormir e pode durar de um a dez minutos. Os olhos podem se abrir e mesmo assim a criança não enxergar um pessoa a sua frente. Também é normal que ela não se recorde de nada após o acontecido. E isso é o que pode tranquilizar os pais.

 

Os médicos orientam ficar ao lado da criança para que não se machuque, não tentar acalmá-la nem conversar com ela, não tentar acordá-la e nem mesmo pegá-la no colo. Tudo isso que normalmente tentamos fazer pode na verdade prolongar o episódio.

Percebi que alguns hábitos antes de dormir pioram os sintomas. Dormir em frente à TV, jogar video game antes de adormecer ou movimentar a criança para levá-la para sua cama desencadeia crises de terro noturno. O ideal para minimizar os sintomas é fazer com que ela adormeça já no seu quarto, lendo ou ouvindo uma história e evitando ao máximo a agitação e os equipamentos eletrônicos. Comer alimentos leves também ajuda a ter um sono mais tranquilo.

Mas ter paciência com a criança é o mais importante. Manter a calma é a melhor receita para que a criança se acalme. Experiência própria!

E você? Já passou por isso com seu filho ou sua filha?
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário