quinta-feira, 17 de maio de 2012

Tarefas domésticas - Como estimular a participação dos filhos?

As tarefas e as obrigações domésticas existem em todos os lares. Algumas famílias tem a figura da empregada doméstica que executa tarefas como: arrumação da casa, preparo dos alimentos e cuidados com as roupas. Outras famílias optam pela diarista, que executa as mesmas tarefas só que em dias pré determinados. E existem, ainda, as famílias que não contam com a ajuda de ninguém, somente da mãe. Sem contar que a mãe, ainda, cuida dos filhos.

 

 
Independente da escolha que fizemos, nossos filhos tem a oportunidade de aprender mais ou  menos as tarefas de casa. Hoje em dia eles saem de casa pra morar sozinhos com muito mais frequência que na nossa época. Pensar que os filhos vão ficar em casa conosco quando estiverem adultos é um equívoco. Eles querem é independência. E acho que nós, também.  

Como eles vão estar preparados se em casa não ajudam em nada? 

Percebo isso através da minha própria família. Tanto eu quanto meu marido tivemos a figura da empregada doméstica nas nossas casas desde que éramos crianças, mas com algumas diferenças. Minha mãe ensinou as filhas e esqueceu dos filhos. Hoje os filhos ainda moram com ela e não ajudam em nada. Minha sogra não ensinou para nenhum dos filhos. Hoje, todos estão casados. Uns tiveram dificuldade de aprender e outros ainda não fazem. 

Acho que no final das contas a gente acaba aprendendo, mas nada como criar um hábito de cooperação. Se cada um tiver a noção de que deve cuidar do que é seu e que pode ajudar a cuidar da casa, tudo fica mais fácil.



Esse aprendizado é benéfico não só em casa, mas na relação com os amigos. Hoje é muito comum os jovens e os adultos se reunirem para  festas e jantares e quem não sabe fazer nada é visto como o "preguiçoso" do grupo. As empresas também exigem dos seus funcionários um ambientes de organização e de cooperação.

Tarefas como:


Arrumar sua própria mala ou mochila para um simples passeio ou para as idas à escola;
Organizar seu material, brinquedos e jogos;
Manter seu quarto limpo e organizado;
Manter suas roupas organizadas separando as que devem ser guardadas e as que devem ser lavadas;
Cuidar dos seus equipamentos eletrônicos, limpando e guardando;
Cuidar do seu animal de estimação, alimentando e fazendo a higiene;
Manter o banheiro limpo e organizado, sabendo a importância de dar uma simples descarga, não deixar roupas pelo chão e estender a toalha molhada.

 
Imagine se toda a criança aprender esses cuidados básicos? Lógico que ninguém vai pedir a uma criança de 1 a 7 anos executar todas essas tarefas, mas ela pode perfeitamente ajudar a mãe ou a babá a executar algumas. Acredito que além de aprender a criança passe a valorizar o trabalho de quem faz. Gostamos que valorizem nosso trabalho e precisamos ensinar a valorizar o trabalho do outro. 

 


Mais e mais famílias estão optando ou sendo levadas a optar por uma ajudante em dias pré determinados. Imagine deixar tudo para esse dia? Não é muito mais fácil que todos ajudem?


 


Vale a pena conversar com as crianças sobre as dificuldade de manter sozinha a organização da casa e montar uma lista com as atividade que cada um pode realizar. Isso pode ser feito de forma simples. basta uma folha em branco, caneta e boa vontade de todos. Depois de definidas as tarefas é só fixar num lugar visível.



Tarefas como separa a roupa para lavar, levar o lixo para as lixeiras, lavar ou secar a louça e regar as plantas podem perfeitamente ser realizada por toda a família. Cada família sabe quais as necessidades e, independente de ter ou não quem faça, todos podem aprender. Dependendo da forma que as tarefas são realizadas, os filhos podem enxergar mais como diversão do que como uma obrigação.


 






Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Cada postagem mais linda que a outra. Confesso estou ficando cada dia mais apaixonada pela Mãe Bacana e aprendendo muito. Parabéns linda. Beijos.

    ResponderExcluir