terça-feira, 12 de setembro de 2017

Quando sua vida dá um break.

Escrevemos sobre rotina, sobre organizar a vida, sobre cumprir tarefas e traçar planos para realizar sonhos. Vivemos o presente, mas pensamos no futuro, como qualquer pai e mãe. Porque is filhos naturalmente nos projetam para a frente. Filhos nos dão a alegria das pequenas coisas, mas nos dão também as "preocupações" do amanhã. A gente acorda, corre, faz, desfaz, acerta, erra, beija, abraça, ama, briga, ri, chora, alimenta, cuida, educa... mas no final do dia sempre espera que tudo se ajeite para poder dormir e começar um novo dia fazendo tudo de novo.

Não imaginamos que as coisas possam sair do nosso controle. Pelo menos não muito. 

Mas há seis meses, sofri uma convulsão decorrente de um tumor cerebral. Além da queda que me rendeu algumas fraturas, e um enorme trauma nos meus filhos, recebi a notícia de um tumor cerebral. De repente a vida vira de ponta cabeça. Por semanas tinha a impressão de viver em câmera lenta. Em poucos dias, emoções diversas que só o amor e a fé podem superar. Não tínhamos mais rotina. Eu não levava meus filhos na escola, não participava das lições de casa, não preparava as refeições... Via no olhar dos meninos, e de toda a família, o medo instalado. 

Passada a cirurgia e o repouso, vieram as boas notícias. Foi preciso muita fé, paciência e amor da família, amigos e até de desconhecidos para superar cada etapa. Ainda temos algumas etapas para superar, mas nada como um dia após o outro. 

Verdadeiramente não somos superpoderosos, mas uma máquina capaz de desligar quando algo não está no lugar certo. Por isso, organize sua vida, trabalhe da melhor forma, realize seus sonhos, ganhe, gaste e poupe seu dinheiro, mas não economize nas palavras doces, nos beijos carinhosos, nos abraços apertados. Olhe para os outros, talvez estejam precisando de você, do seu carinho, da sua atenção, das suas palavras. 

Minutos antes de meus dois filhos me encontrarem desacordada e os abracei, beijei e disse o quanto os amava. E essa é a melhor lembrança que ficou no meio de todo o trauma que viveram. 

Por tudo isso, o Mãe bacana ficou alguns meses de lado. Muitos foram os pedidos para enviarmos a Rotina da Família, tema de alguns dos posts mais visualizados no aqui no Blog. Acredito não ter deixado ninguém sem resposta. 

Agora é seguir em frente!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Saiba como planejar e organizar o seu ano

O ano já começou. Para muitos pais houve tempo para descansar e curtir as férias com os filhos, para outros não houve ainda o merecido descanso, mas para todos já é hora de começar a pensar na volta a rotina de toda a família com o início do ano letivo.

Por isso prepare-se! Nada melhor para o seu ano do que o planejamento. Isso mesmo! Planejamento. Para quem pensa que planejar e assunto de negócios, engana-se. O planejamento pessoal é fundamental para que tenhamos tempo. Tempo para as atividades, tempo para os filhos e para nós mesmos.

Quer uma dica de como começar?

1. Coloque no papel o que precisa fazer em 2017 e o que deseja como objetivo. Comece de forma simples. Liste suas metas por categoria e detalhe o que precisa fazer, como realizar e um prazo para cada meta.

Metas por categoria:
  • Família: ter mais tempo em casa, praticar esporte juntos...
  • Saúde: praticar atividade física, fazer um tratamento médico...
  • Profissional: fazer um curso, realizar um trabalho, desenvolver um negócio...
  • Espiritual: praticar a sua crença, estudar...
  • Viagem: poupar para viajar, planejar e parcelar a viagem...
  • Financeiro: pagar dívidas, investir recursos...
2. Com um esboço do que precisa e deseja fazer, divida o ano em semestre, mês e semanas. Parece difícil, mas não é. Basta começar que seu planejamento vai tomando corpo. Pode ser listinha, pode ser planilha.

domingo, 27 de novembro de 2016

Como montar uma programação de férias

Férias é férias. É preciso desacelerar, sair da rotina, curtir os momentos com a família e amigos, viajar, se divertir. Mas até nas férias podemos criar programas para que esse tempo livre seja realmente aproveitado, caso contrário, a criança pode engatar na sua atividade preferida e simplesmente exagerar. 

Muito eletrônico e pouco tempo ao ar livre. Muita guloseima e falta de nutrientes na alimentação. Muita exposição ao sol ou muito tempo dentro de casa... Enfim, não é preciso se desesperar, mas é possível alternar entre uma atividade e outra. Assim a criança percebe que o tempo livre que tem está sendo bem aproveitado.

A nossa primeira dica é colocar no papel todas as atividades possíveis para se fazer na férias, seja dentro de casa, na praia, no clube, na casa do avós, no condomínio, na viagem...

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A importância das amizades no desenvolvimento de uma criança

A definição de amizade é “afeição recíproca entre dois entes”. Quem possui um grande amigo, sabe que isso vai muito além, e inclui a confiança, intimidade, além de vários outros aspectos. Mesmo durante o período a infância, os amigos, que são apenas crianças, passam a conhecer o significado das amizades para suas vidas. 

COLÉGIO SÃO JUDAS
Fonte
Consultamos especialistas em educação do Colégio São Judas para nos explicar a importância das amizades no desenvolvimento das nossas crianças. Confira!

Os vínculos fora do convívio familiar

A amizade é algo que deve ser estimulado pelos pais, desde sempre. Quando crianças têm experiências de positivas na família, elas aprendem a manter expectativas positivas em relação ao outro, tornando-se mais amigáveis. 

A relação com os familiares e a relação com os amigos se diferem pelo nível de aprendizado. Pense que dentro de casa os filhos têm acesso aos valores familiares, já do lado de fora, eles têm a oportunidade de utilizá-los na prática para a socialização.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

5 itens indispensáveis para a segurança das crianças dentro de casa

parceria com a bondfaro
Fonte: vseodetyah
É difícil controlar as crianças na fase de crescimento, quando todos os dias existem novas descobertas. Mas é muito importante que os pais mantenham a casa sempre limpa e segura para que as crianças possam brincar tranquilamente sem se machucarem.

Confira alguns itens básicos para manter a segurança do seu filho dentro de casa:

Janelas
parceria com a bondfaro
Fonte: novatrento
O cuidado com as janelas deve iniciar quando a criança começa a engatinhar. Elas devem ter redes de proteção e os pais precisam tomar cuidado com a manutenção para que estejam sempre novas e resistentes. Outra dica é manter os móveis longes das janelas e sacadas, para que a criança não tenha apoio para subir.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Tá chegando o Halloween!

Nós sempre trazemos ideias para brincar o Halloween. Por mais que não seja uma festa típica da nossa cultura, nossos filhos estão cada vez mais ligados em datas festivas americanas, devido a prática da língua inglesa. 

Se você ainda não conhece a história do Halloween, mas gosta dessa data, vale a pena conhecer. Saiba mais aqui e aqui

Se quiser preparar umas comidinhas assustadoras, saiba como fazer algumas aqui.

Como tudo para nós é motivo para decorar, comer e divertir, sempre buscamos algumas referências para transformar esse dia em uma baguncinha. 

Umas balinhas bem sinistras estão liberadas nesse dia. Que delícia! Pode ser no palito...


Ou dentro de uma luva cirúrgica. Ui, que medo!


Uns morcegos pela casa, para dar aquele clima e uma pizza deliciosa, super simples de fazer. 

Vamos lá! Arrume as fantasias e caia na brincadeira. Imagens do Pinterest Mãe bacana.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Feliz Dia para as nossas queridas crianças!

Imagem
Nosso desejo para esse dia é...

Que as nossas crianças tenham a melhor infância para crescerem saudáveis e felizes. 
Que a infância seja considerada, pelos adultos, a mais importante fase da vida para que possamos criar pessoas seguras e bem resolvidas. Porque é na infância que formamos a auto estima. 
Que governo e sociedade possam garantir os direitos dos nosso pequenos, tanto em nosso país quanto em qualquer parte do mundo.  
Que onde houver uma criança, haja abrigo, alimento, saúde, educação, segurança, amor e alegria! 
Se isso é um sonho, queremos continuar sonhando. Pois esse é o nosso desejo mais profundo. 


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Dicas para não extrapolar no dia das crianças.

Imagem
O Dia das crianças é uma das datas mais esperadas pelo comércio. Não é a toa, não é mesmo? Esse dia é considerado pelo mercado como um dos melhores em vendas no ano, assim como Natal e Dia das Mães.

Mas em tempos de crise precisamos pensar bem antes de cometer excessos. Criança precisa mesmo é de tempo para brincar e atenção. Por isso, exagerar nos gastos é desnecessário. 

Para economizar:
  • Não deixe para a última hora para não jogar dinheiro fora e não fazer uma compra ruim. Sites de comparação de preço podem ajudar a fazer uma pesquisa sem sair de casa.
  • Evite levar as crianças na loja. Assim você surpreende e evita gastos extras. 
  • Se a grana está curta, converse com as crianças antes de sair gastando. É muito importante que elas participem do orçamento da família.  
  • Se puder, pague a vista, peça desconto e evite dívidas. 
Para garantir a segurança: 

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Dicas para driblar a falta de apetite dos pequeninos

Você não pode obrigar seu filho a comer, mas pode utilizar alguns truques para que ele esteja disposto a se alimentar durante as refeições 

Se para você comer é uma das coisas mais prazerosas que existe, é difícil entender o porquê o seu filho se recusa a abrir a boca na hora das refeições. Embora a atitude deixe as mamães preocupadas, ela é mais comum do que você imagina e o melhor a fazer é aprender a driblar a inapetência e respeitar os momentos da criança, pois ela só vai ser prejudicial em casos muito extremos. Imagem

Antes de mais nada, os pais devem descartar qualquer doença. Um simples resfriado, uma dor de ouvido ou o nascimento dos dentinhos. Esses são fatores que podem acabar com o apetite do seu filho por até uma semana e, se o sistema imunológico estiver bem fortalecido, ele se reestabelecerá naturalmente. Em casos graves de inapetência, a criança pode ter carência de nutrientes e precisará ser cuidada de perto por um especialista. Se você perceber que o seu filho está apático, pálido, fraco, sonolento e com sensibilidade nos cabelos, nas unhas e na pele por um período de tempo superior a sete dias, é preciso levá-lo ao médico para identificar a falta de vitaminas essenciais para o desenvolvimento infantil. 

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Espírito Olímpico! Leitura campeã!

Os jogos olímpicos nos proporcionam a chance de debater temas importantes no universo infantil, como o espírito esportivo, a cooperação e também curiosidades históricas e culturais que envolvem as competições.

Se você gosta de estimular a leitura com temas atuais, veja o que a FTD Educação selecionou como boas indicações de livros que falam sobre esporte olímpicos e temas relacionados com este universo. Confira!

O livro dos Esportes Olímpicos – Biblioteca da Turma
Auto: Maurício de Sousa 
Indicação:  Ensino Fundamental (4º ano) 
Maurício de Sousa apresenta origens, histórias e curiosidades sobre os esportes olímpicos. Também mostra os atletas que se destacaram em diversas modalidades, os grandes recordistas, histórias de superação, países-sedes, as Olimpíadas de Inverno, os Jogos Paraolímpicos e muito mais. Ao final, um Almanaque com curiosidades incríveis e atividades para testar seus conhecimentos. 



Show de bola 
Autores: Jonas Worcman de Matos e José Santos e ilustração: Ricardo Girotto 
Indicação: Ensino Fundamental (5º ano) 
Assim como tantos brasileiros, José Santos e Jonas Worcman de Matos são verdadeiros apaixonados por futebol. Em Show de bola, pai e filho fazem uma homenagem ao esporte por meio de poemas bem-humorados que relatam as delícias e malícias de cada partida.  Dividido em primeiro tempo, intervalo, segundo tempo e prorrogação – tal como se divide uma partida. As rimas falam sobre o porco-artilheiro, o eterno reserva, traz as gírias do esporte, o hino do pior time do mundo e até com os lamentos da mãe de um juiz. O intervalo traz adivinhas relacionadas ao tema e a prorrogação, textos sobre a infância de jogadores notáveis como Pelé, Zico, Kaká, além de um dicionário de futebol. 

O Fantasma da Segundona 
Autor: Menalton Braff e ilustrador: Caco Galhardo 
Indicação: Ensino Fundamental (8o ano) 
O pai de Maurício é o Kamanga, famoso jogador de futebol, contratado para salvar o Clube Esportivo Planalto. No último campeonato, o time estava na zona de rebaixamento, ameaçado de cair para a segunda divisão. Na nova cidade, Maurício experimenta as delícias e aflições de ser filho de um atleta famoso. Na escola, é paparicado pelos colegas. Até que o time começa a perder – e a situação muda. Maurício tem vergonha de ir para a escola, seu rendimento cai; o pai tem que vender o carrão porque o clube começa a atrasar o salário dele, que ganha mais do que o resto do time junto. O campeonato chega ao fim, e o Planalto acaba caindo para a segundona, Mas o empresário de Kamanga consegue um bom contrato para ele. No Kuwait!

Saber Perder
Autora: Yolanda Reyes e ilustradora: Olga Cuéllar 
Indicação: Ensino Fundamental (5º ano) 
Em primeiro lugar, é claro que a gente gosta de ganhar. Veja por exemplo, o Frederico, um carinha de 14 anos, que nada pra caramba, treina, treina e treina. Ele mal suporta as aulas, mas quando está na piscina esquece do mundo. E quando chegou o campeonato nacional de natação, arquibancada cheia, inclusive a Natália, da torcida organizada... tchbum! Ele ganha? 




De pernas pro ar 
Autor: Mirna Pinsky e ilustração: Fido Nesti 
Indicação: Ensino Fundamental (3o ano) 
Chegou o dia D! Eloísa estréia no time titular de vôlei da escola. O jogo começa na maior empolgação. A torcida vibra quando a jogadora salta e... Um resultado inesperado muda sua vida irremediavelmente. A garra dessa garota de 15 anos vai se revelando dia a dia. A que sacrifícios ela estaria disposta em busca da verdade? Mesclando ação, descobertas e as sutis emoções da adolescência, a história é uma jornada rumo ao autoconhecimento e à realização pessoal.


O Esqueleto
Autor: Enric Lluch, tradução Heloisa Pietro e ilustração Mercé López 
Indicação: Ensino Fundamental (3º ano) 
Imagine um jovem esqueleto que só quer jogar futebol e marcar gols? Conheça um personagem pra lá de irreverente nesta história cheia de terror e humor.






Quadra do Mingo
Autor: Flavio de Souza e ilustrador: Orlando Pedroso 
Indicação: Ensino Fundamental (5º. ano)
Flavio de Souza, com muita irreverência, característica de seus textos, nos apresenta o Edifício Ibéria e seus moradores. Eles compartilham uma quadra, onde acontecem confusões, brigas, demonstrações de amizade e muito futebol. Um desses moradores é o Mingo, um menino de 9 anos que coleciona bolas e camisetas do seu time do coração. Por conta de toda essa paixão, ele está escrevendo um Dicionário terminológico futebolístico, em que apresenta termos esportivos e suas devidas explicações.


Viu? É fácil associar a leitura em todos os momentos da vida das crianças e jovens. É com temas interessante que desenvolvemos o gosto pela leitura.

Sobre a  FTD Educação

Há mais de 100 anos, a FTD tem como missão transformar a sociedade por meio da Educação, pensando além e inspirando a descoberta, a escolha, a liberdade e a cidadania. Reconhecida como um empresa parceira, flexível e humana, em 2015 reposicionou sua marca no mercado e passou a se chamar FTD Educação, cujo slogan é “Educar bem é pensar além”. Sua proposta é integrada para escolas, alunos, professores e sociedade e conta com: materiais didáticos e de literatura; soluções educacionais – com suporte para escolas, consultoria educacional, formação de professores, entre outros; novas tecnologias – ferramentas que ampliam possibilidades de ensino dentro e fora da sala de aula; obras e serviços que envolvem a família na busca por uma Educação completa.